UTFPR publica protocolo de biossegurança para futuro retorno às atividades presenciais

- Atualizado às 19:31
Por - Decom UTFPR
(Foto: Decom/UTFPR)

A UTFPR publicou na quarta-feira, 1º de setembro, a Instrução Normativa Nº 28/2021, que dispõe sobre medidas, orientações e procedimentos a serem adotados pela comunidade acadêmica visando ao retorno das atividades presenciais na Universidade - suspensas desde março de 2020 com medida preventiva à pandemia da Covid-19.

O novo documento estabelece as medidas de biossegurança para um futuro retorno às atividades, que será objeto de uma nova IN a ser publicada ao longo deste mês de setembro. Já a oferta de unidades curriculares ou atividades presenciais (ou híbridas) no ensino, na pesquisa e na extensão obedecerão às normatizações publicadas pelas pró-reitorias, após submissão e aprovação pelos respectivos conselhos.

Segundo o texto, o trabalho remoto será possibilitado "para aqueles que ainda não completaram o ciclo de imunização contra a COVID-19 (duas doses ou dose única, respeitando a orientação dos fabricantes das vacinas, bem como os respectivos períodos indicados de resposta imune após a aplicação da segunda dose ou dose única)."

Nas atividades presenciais, a comunidade deve manter o distanciamento social mínimo de 1 metro, em posições fixas para postos de trabalho, e fazer uso de máscaras durante toda a permanência nos ambientes dos campi e da Reitoria.

Aos campi, caberá o estabelecimento dos horários e rotas de entrada e saída nas unidades, as estratégias de aferição de temperatura da comunidade acadêmica, bem como a higienização dos ambientes. A IN estabelece, ainda, orientações conforme as especificidades dos ambientes - laboratórios, restaurantes universitários, bibliotecas, salas de monitoria e de estudo e de computadores, locais de atendimento à comunidade acadêmica e comunidade externa, instalações sanitárias, espaços de convivência e corredores.

O documento mantém a determinação de afastamento das atividades presenciais de servidores, estagiários e estudantes com suspeita ou confirmação do diagnóstico da Covid-19.

Comentários

© 2018 Barulho Curitiba