Universidade Positivo anuncia previsão de retorno de aulas presenciais no dia 15

- Atualizado às 17:25
Por - Josianne Ritz
(Foto: Divulgação)

A Universidade Positivo (UP) anunciou que o retorno das aulas presenciais nos câmpus está previsto para o dia 15 de junho. O comunicado, no entanto, avisa que antes do dia 14, uma nova comunicação será feita, após ouvidas as autoridades sanitárias e consideradas as normas legais baixadas pelo poder público. Fontes da Secretaria de Estado de Saúde consultadas pela reportagem do Barulho Curitiba/Bem Paraná, no entanto, adiantaram que dificilmente o retorno das aulas retornará antes de agosto para todas as faixas etárias. 

Até porque, o pico de casos de covid-19 ainda não chegou no Paraná e os números não param de crescer.  A Secretaria de Estado da Saúde informou mais 533 confirmações e 13 óbitos pelo novo coronavírus. O informe epidemiológico desta sexta-feira (5) mostra que o número acumulado de pessoas infectadas é de 6.437, 227 morreram em decorrência da doença. Há registro da Covid-19 em 273 municípios do Estado, e em 81 ocorreu ao menos um óbito. A quantidade de casos e de óbitos é a maior divulgada em um só dia desde que o monitoramento registrou o primeiro diagnóstico, em 11 de março. 

A UP informou que as aulas virtuais seguem normalmente.

Como estão as outras universidades

A Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR) divulgou, ontem, a Instrução Normativa Nº 7/2020 que mantém suspensas as atividades presenciais na instituição até 10 de julho como uma das medidas temporárias de prevenção ao contágio pelo novo coronavírus (Covid-19), conforme orientação das autoridades de saúde.

A Universidade Federal do Paraná também mantém as aulas presenciais suspensas até início de agosto. A entidade, inclusive, adiou o vestibular também.

A Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR) retomou as aulas presenciais em Curitiba na última segunda (1) para 150 formandos de oito cursos:  Agronomia, Engenharia Florestal, Farmácia, Gastronomia, Psicologia, Odontologia, Engenharia Mecânica e Engenharia de Produção. As aulas presenciais na universidade estavam suspensas desde 19 de março por causa da pandemia de coronavírus.  A PUCPR também garante que não há previsão para a retorno das atividades presenciais para todos os 16 mil alunos da instituição. A Universidade alega que o adiamento das atividades práticas presenciais não gera impactos significativos na formação dos estudantes que ainda estão distantes da conclusão de seus cursos, porque estas serão realizadas assim que possível: "Entretanto ocorre que estudantes dos cursos com encerramento previsto para o primeiro semestre de 2020 poderiam ser prejudicados caso concluam sua graduação sem estas atividades práticas, ou caso adiem sua entrada no mercado de trabalho. Fez-se necessário, portanto, para estes casos, um enfrentamento diferenciado". A PUCPR alega que ouviu os estudantes para saber a opinião deles. Alguns grupos, segundo a universidade, optaram por prorrogar a data de integralização do curso, caso do Curso de Teatro da Escola de Belas Artes, por exemplo, e aguardam para cursar suas atividades práticas assim que a situação da pandemia se normalizar. As aulas seguem virtualmente.

A Universidade Tuiuti do Paraná (UTP) decidiu no dia 27 de maio prorrogar por mais 14 dias o Regime Letivo Remoto. Desta forma as aulas presenciais, suspensas em meados de março em decorrência da pandemia de coronavírus, não serão retomadas antes do dia 14 de junho. As aulas seguem virtualmente.

Comentários

© 2018 Barulho Curitiba