Universidade de Curitiba lança segunda edição de curso on-line e gratuito de Felicidade

- Atualizado às 20:59
Por - Barulho Curitiba
(Foto: Divulgação)

A Universidade Positivo (UP) abriu as inscrições para a segunda turma do curso on-line e gratuito Ciência da Felicidade e Bem-estar. Ao todo, são quatro vídeo aulas, que já estão disponíveis na plataforma da UP. Os encontros são ministrados pelo professor, coordenador do curso e idealizador do Congresso Internacional da Felicidade, Gustavo Arns. “Foi uma forma de flexibilizar o conteúdo e levar conhecimento para todo o Brasil neste momento delicado”, conta Arns. A primeira edição do curso teve mais de 7 mil participantes. As inscrições podem ser realizadas pelo site materiais.up.edu.br/curso-felicidade-e-bem-estar.

De acordo com Arns, as aulas buscam explorar temas relativos à felicidade do ponto de vista da ciência, buscando compreender os conceitos, os possíveis caminhos para elevar o bem-estar e, de forma prática, explicar como tudo isso acontece no corpo humano a partir da inteligência emocional. “Estudos comprovam que pessoas felizes ficam menos doentes, vivem por mais tempo, criam filhos mais saudáveis e rendem mais no trabalho”, garante.

O programa de aulas aborda o bem-estar físico, emocional, relacional, intelectual e espiritual, além de emoções positivas, engajamento, realizações e vitalidade. “Ainda vamos discutir o que constitui uma vida boa e uma vida que vale a pena ser vivida, as raízes para compor relacionamentos mais saudáveis e, claro, intercalar com exemplos reais do momento atual e dicas para conviver neste período de pandemia”, esclarece.

Para Arns, cuidar da saúde mental reflete diretamente na saúde emocional e física. “Com tudo em equilíbrio, temos imunidade; o organismo fica mais forte para enfrentar qualquer doença”, explica. Segundo ele, para passar por esse período e melhorar a saúde mental, é essencial manter uma rotina, dormir e acordar no mesmo horário, com tempo para descanso, exercício físico e alimentação equilibrada. “Tudo isso fortalece o corpo físico, deixando-o mais forte, o que reflete na mente. Pessoas com grau mais elevado de bem-estar são mais resilientes e criativas para encontrar saídas e enfrentam com mais determinação os problemas que aparecem”, afirma.

Comentários

© 2018 Barulho Curitiba