UFPR é a sexta universidade federal com mais pesquisadoras mulheres apoiadas por bolsa

Por - UFPR
(Foto: Franklin de Freitas/Arquivo Bem Paraná)

Em levantamento produzido pela revista on-line Quero, especializada em educação, a Universidade Federal do Paraná (UFPR) aparece entre as 30 instituições de ensino superior brasileiras que possuem percentual acima da média nacional de pesquisadoras mulheres que atuam com bolsa. Os dados foram obtidos por meio do Censo da Educação Superior de 2018, do Ministério da Educação (MEC), publicado em setembro.

De acordo com a publicação, a UFPR tem a 19ª maior taxa do grupo, com 62,5% — a média é 59,8%. Com isso, é a segunda instituição do Paraná na lista. Entre as universidades federais, a UFPR ficou na sexta posição. No retrato do censo em 2018, a UFPR contava com 569 pesquisadoras bolsistas.

Representatividade

Para criar a listagem, a Quero informa que considerou, primeiramente, as universidades com mais de 300 alunos recebendo bolsa ou remuneração por participar de atividade de pesquisa, segundo o censo. Depois disso, foram selecionadas as instituições que têm percentual de bolsistas mulheres superior à média brasileira.

Segundo a Quero, a taxa revela quais são as universidades com maior representatividade de mulheres na pesquisa científica. No panorama brasileiro, o censo registra que 81,7 mil estudantes receberam bolsa para participar de atividades de pesquisas científicas na graduação, das quais 59,8% dessas bolsas foram destinadas a pesquisas realizadas por mulheres.

Isso perfaz um total de 48,8 mil estudantes envolvidas com projetos científicos nas universidades.

(Com informações da Revista Quero)

Comentários

© 2018 Barulho Curitiba