Temporada de chuvas de meteoros está aberta e vale para Curitiba. Saiba como ver melhor

- Atualizado às 21:17
Por - Redação Barulho Curitiba
(Foto: Divulgação/Nasa)

A American Meteor Society, uma organização científica que apoia as atividades astronômicas, avisa que o segundo semestre será de muitas chuvas de meteoros e felizmente todas serão bem visíveis no Hemisfério Sul e em Curitiba, se o tempo ajudar, é claro.

A primeira “chuva”, chamada Delta Sul Aquariids, sem bolas de fogo permaence ativa até 23 de agosto. O fenômeno fica mais visível depois da meia-noite. Que tiver a sorte de ver o espetáculo, serão de 10 e 20 meteoros "caindo" por hora.

Já a Alpha Capricornids, segundo a American Meteor Society, ficará ativa até o dia 15 de agosto. Esta chuva é caracterizada pelas incríveis "bolas de fogo brilhantes", ou seja, ela é mais facilmente vista.

Outras duas grandes chuvas de meteoros ainda estão previstas para 2019. A primeira, também com bolas de fogo, estará ativa de 10 de setembro atá 20 de novembro, mas a melhor época para avistar o fenômeno será por volta dos dias 9 e 10 de outubro. A segunda chuva, dos Orionids, estará ativa de 2 a 7 de novembro, com pico entre os dias 21 e 22 de outubro.

Veja dicas para ver melhor as chuvas de meteoros:

1) Noite escura e com céu limpo

Além do céu claro, sem nuvens, o ideal é que não haja luzes extras, como a Lua. Até mesmo a luz do painel do carro prejudica a visbilidade.

2) Longe das cidades

Fique longe da luz brilhante das grandes cidades. O ideal é se afastar 20 ou 30 km dos grandes centros urbanos.

3) Ponto alto

Um morro ou montanha sempre facilitam a visão da chuva de meteoros. Binóculos e telescópios limitam a visão. Então, ao contrário do que se imagina, para ver chuva de meteoro o melhor é a olho nu mesmo.

4) Melhor horário

O ideal é fazer a observação após a meia-noite e antes do nascer do Sol. É nesse período que a terra nos direciona para o outro lado, onde não há sol.

Comentários

© 2018 Barulho Curitiba