Relespública lança EP com singles 'perdidos' e novo clipe

Por - Redação Bem Paraná
(Foto: Fabiano Ferreira)

A Relespública lança nesta sexta-feira (11) o EP Sem Ninguém ao Lado e o clipe de Mods Are Back Again, primeiro single do novo trabalho. O clipe e o EP estão disponíveis nas plataformas digitais às 00h01 de sexta para abrir a temporada de lançamentos da banda no segundo semestre de 2021.

Sem Ninguém Ao Lado é a volta do trio ao estúdio depois de quase 13 anos sem gravar. Também é o reencontro com o produtor Marcelo Crivano com quem a banda criou o cultuado álbum “As Histórias São Iguais” (2003) e o especial MTV Apresenta (2006).

“13 anos é tempo demais para uma banda como a nossa, mas a vida dá umas rasteiras e a gente foi protelando. Quando o Crivano reapareceu querendo levar banda pro estúdio, juntou a fome e a vontade de comer”, disse Fabio Elias, guitarrista e compositor da Reles.

Novas Canções Antigas

Para produzir o EP, a Relespública precisou revirar o próprio baú. As cinco faixas de Sem Ninguém ao Lado estão no repertório de shows da banda há décadas, mas nunca tinham sido gravadas.

Nelas estão a essência do som e da estética da banda formada em Curitiba em 1989: rock de garagem, a fúria adolescente inconformista e a elegância mod.

Para Fabio, o novo trabalho é um retrato “atual e antigo” da banda ao mesmo tempo. “Depois de anos de estrada e tudo o que aconteceu, a gente se perdeu um pouco de nós mesmos. Precisávamos nos reencontrar como banda e buscar novamente a voz da Reles”, disse.

Segundo o produtor Crivano, o EP nasceu da necessidade de revisitar a primeira fase da carreira da Reles. “A ideia era gravar ao vivo um conjunto de doze canções muito importantes para nós da primeira fase da banda (entre 1989-1995), mas que nunca tiveram um registro à altura. Avaliamos o material e cinco faixas se destacaram, cada uma por uma razão específica”, disse.

O nome do EP é retirado da letra da faixa Grito de Socorro que fecha o trabalho.

A tracklist final é composta por dez faixas, pois as cinco músicas também serão publicadas em versões instrumentais.

Crivano conta que a sessão em estúdio para a pré-produção das faixas iniciais aconteceu no dia 10 de março de 2020. Um dia depois, a Organização Mundial de Saúde (OMS) decretou pandemia.

“À medida que a produção foi fluindo e trabalhávamos nos arranjos das músicas, a pandemia foi avançando. No fundo, só aumentou o sentimento que estávamos todos sozinhos no mundo, sem ninguém ao lado”.

Com as restrições impostas pelas circunstâncias, o processo demorou quase um ano. Para Fábio, o resultado é a melhor versão da banda desde 2003.

“A energia motriz da Reles se repetiu. O Moon continua gravando sua parte numa sentada e o Ricardo continua criando muito na hora certa. Eu parei de fumar, beber e fazer merda. Emagreci muitos quilos e minha saúde, voz e espírito estão melhores do que nunca. A Reles está acontecendo de novo. Os Mods estão de volta”.

O Clipe e o Single

O primeiro single evoca a identidade mod* da Relespública e soa como um grito de guerra da banda: Mods Are Back Again.

MOD é a cena cultural e musical que nasceu na Inglaterra dos anos 1960 e reunia moças e rapazes da classe operária com roupas impecáveis, fãs de soul, anfetamina e R&B e que tentavam se impor socialmente pela música (ou na base da porrada). A Relespública é a representante nacional desta “elegância agressiva” desde 1989.

Fábio Elias conta que escreveu a canção em 1995, logo após o acidente de carro que matou o primeiro vocalista da banda, Daniel Fagundes. “Essa música reflete aquele tempo, quando eu caí na rua e na vida. Eu que sempre imaginei um futuro para a banda, de repente, vi que meu sonho tinha sido arrancado”, disse. “Quando me dei conta do tamanho do buraco em que nos metemos escrevi Mods Are Back Again. Não queria deixar a banda morrer. Essa música é um grito, uma busca por uma saída: o sonho acabou é o caralho, não vai acabar nunca”, disse.

O clipe de Mods Are Back Again foi dirigido por Raul Machado, nome central da produção audiovisual musical no Brasil e no mundo nas últimas três décadas.

Diretor de quase todos os clipes da Relespública, Raul assinou também os clipes mais importantes de Chico Science & Nação Zumbi, Planet Hemp, Sepultura entre outras bandas e artistas e idealizou o projeto The Quarantine Experience que lança clipes com encontros de artistas à distância durante a pandemia.

No segundo semestre de 2021, a Relespública tem um calendário de lançamentos cheio. Até outubro, a banda vai lançar um single por mês.

O disco em vinil de Sem Ninguém ao Lado com capa do artista gráfico Alexandre Corrêa e um novo clipe também dirigido por Raul Machado também estão na programação do semestre.

Todas as semanas, a Relespública vai publicar no formato E-Folhetim a biografia da banda. E até o fim do ano, todo o catálogo da banda será distribuído nas plataformas digitais.

O que: Lançamento do clipe Mods Are Back Again e do EP Sem Ninguém ao Lado, da Relespública

Quando: Dia 11 de junho.

Sem Ninguém ao Lado

Mods Are Back Again (Fabio Elias)

Mamaoola (Fabio Elias)

Turn Turn (Fabio Elias e Daniel Fagundes)

Voar o Céu (Fabio Elias)

Grito de Socorro (Fabio Elias)

Produção: Bruno Sguissardi e Marcelo Crivano

Capa: Alexandre Corrêa

Relespública é:

Fábio Elias (guitarra e voz), Ricardo Bastos (baixo e voz) e Emanuel Moon (bateria).

FICHA TÉCNICA:

Realização: Volts

Produção artística: Marcelo Crivano.

Produção musical: Bruno Sguissardi.

Gravado entre dezembro de 2020 e janeiro de 2021 no Nicos Studio em Curitiba - PR - Brasil.

Engenheiro de som: Francisco Desalvo.

Mixado por Vinícius Braganholo.

Masterizado no Golden Mastering Studios, Ventura - CA - USA por JJ Golden

Veja o teaser do clipe aqui: https://bit.ly/3gk45wj

Instagram: @relespublica

Facebook: @bandarelespublica

YouTube: https://bit.ly/3x82WOX

Comentários

© 2018 Barulho Curitiba