Rappers de Curitiba atuam em série da Netflix

- Atualizado às 11:03
Por - Redação Bem Paraná com assessoria
(Foto: SMCS)

Os rappers curitibanos Hauly, Menthor, Betinho Celanex e Mano Cappu fazem parte da série Irmandade, que estreou em 190 países, no dia 25 de outubro, na Netflix. Com Seu Jorge e grande elenco, a série de oito episódios teve a Penitenciária Central do Estado (PCE), em Piraquara (região metropolitana), como uma das locações.

Os rappers fazem parte do Grupo J.A.C, que há 20 anos conta em rimas a rotina, as adversidades e as histórias de vida dos moradores do bairro CIC. Famosos no cenário do rap, os cantores nunca tinham atuado. Participaram da seletiva de elenco, que aconteceu no Teatro Barracão Encena em Curitiba, sem muitas expectativas, mas todos passaram no teste.

Rubens Eduardo Teodoro (Menthor), de 37 anos, interpreta um membro da facção rival e aparece no último episódio da série. Ele explica que a linguagem do rap e as vivências pessoais de cada integrante foram decisivas para que fizessem parte do elenco. “Nossa arte chega e toca os jovens porque falamos a língua das ruas”, conta Menthor.  

Rodrigo Vicente (Hauly), de 40 anos, aparece logo no início da história contracenando com Edson, personagem de Seu Jorge. Ele conta que a experiência foi enriquecedora e deve proporcionar novas oportunidades para os cantores. “A arte nos deu uma nova perspectiva de vida”, disse o rapper.

Já Carlos Alberto Moura (Betinho Celanex), de 32 anos, trabalhou na equipe de produção da série Irmandade. Ele conta que o grupo já havia participado de um curta, mas com a produção de trilha sonora. Em junho deste ano, o curta-metragem Ainda Ontem foi premiado com Melhor Concepção de Som, durante o Festival Cine Jardim, em Pernambuco.

Com vários clipes lançados e participação em show de rappers como Sabotage e Racionais Mc’s, o Grupo J.A.C quer expandir cada vez mais o público. “Queremos levar nossa arte e nossas ideias longe. Da CIC pro mundo”, afirma Hauly.

 

Irmandade

A história gira em torno dos personagens Edson (Seu Jorge) e Cristina (Naruna Costa), moradores de uma favela de São Paulo, irmãos que se separam após Edson ser preso por tráfico de drogas. Cristina, uma advogada honesta, enfrenta um dilema moral ao descobrir que seu irmão é o líder de uma facção criminosa em ascensão.

Comentários

© 2018 Barulho Curitiba