Que tal conhecer os ateliês dos artistas do acervo do MON? Saiba como

Por - Redação Bem Paraná
(Foto: Maita Franco/MON)



Nessa época de museus e instituições culturais temporariamente fechados, o Museu Oscar Niemeyer (MON) conta com uma programação virtual especial. A iniciativa tem como objetivo continuar oferecendo conteúdo educativo e dinâmico ao seu público.

No espaço físico, em Curitiba, o Museu tem um acervo com aproximadamente 7 mil obras. Agora, nas redes sociais, pela primeira vez será possível conhecer um pouco mais do espaço onde essas obras foram produzidas.

Isso porque uma das novidades do #monemcasa, criado especialmente para o período de quarentena global, é a visita aos ateliês de Artistas do Acervo. Para inspirar os seguidores do Museu, toda semana um artista diferente mostra um pouco do lugar onde trabalha.

O brasileiro Gonçalo Ivo, que foi o primeiro artista exibido na série, por exemplo, está desde o dia 1° de março em Bethany, Connecticut (EUA), onde foi selecionado para uma residência pela fundação Joseph & Anni Albers. Para ver imagens do artista em seu local de criação, basta acessar as redes sociais do Museu.

A segunda artista do acervo do MON a abrir as portas do seu ateliê foi Julia Kater, cuja publicação será exibida em breve. Acompanhe o @museuoscarniemeyer e saiba tudo sobre as ações virtuais da instituição.

DECRETO ESTADUAL - O Museu está temporariamente fechado para o público, atendendo ao decreto estadual nº 4.230, que determina o fechamento dos espaços culturais do Governo do Paraná – museus, bibliotecas e teatros – e suspende os eventos artísticos e culturais a partir do dia 17 de março de 2020.

SERVIÇO
#monemcasa
Visita virtual ao ateliê de Artistas do Acervo
Instagram e Facebook: @museuoscarniemeyer
www.museuoscarniemeyer.org.br

Comentários

© 2018 Barulho Curitiba