Quarteto curitibano Samba de Saia lança o EP ‘Nossa Identidade’

Maristela Ávila, Bruna Alcântara, Cida Airam e Halanna Águiar
Maristela Ávila, Bruna Alcântara, Cida Airam e Halanna Águiar

O quarteto curitibano Samba de Saia, formado por Cida Airam (voz), Maristela Ávila (teclas e escaleta), Halanna Águiar (percussão e voz) e Bruna Alcântara (percussão), lança no dia 27 de agosto o EP Nossa Identidade. Com produção e direção musical assinadas por Érica Silva, a obra tem por objetivo evidenciar a produção musical feminina no samba, demonstrando sua força, resistência e importância.

“O Samba de Saia é um grupo composto por mulheres musicistas negras, mestiças, maduras, e nós sabemos os desafios que vivemos em nossa rotina e num cenário musical onde o machismo, o preconceito e a falta de respeito ainda prevalece. Não basta só cantar, tocar, compor ou arranjar bem...o mercado musical exige o sangue e as vísceras das mulheres da música”, explica Cida Airam. “A música é nossa ferramenta de luta e nossas vozes não serão silenciadas. Podemos falar dos temas que quisermos e cada uma de nós é plural e singular sendo o que somos.”

A composição das faixas é assinada por integrantes atuais e ex-integrantes do Samba de Saia e as canções contam com participação especial de diversas artistas de Curitiba: Érica Silva, Amanda Cortes, Karin Oliveira, Luana Godin, Marcela Zanette, Fernanda Cordeiro e Gabriela Bruel.

A faixa que abre dá nome à obra, “Nossa Identidade”. Ela narra a realidade de muitas mulheres sobrecarregadas e fala da força que elas têm, sem romantizar esse sofrimento que uma vida pesada causa. A música seguinte, “Meu Primeiro”, é um relato sobre relacionamentos mal sucedidos que todas as mulheres já viveram. “Cuida de Ti, Mulher”, apresentada para o público com clipe (aqui) no começo do mês, é sobre o auto amor e autocuidado que as mulheres nunca devem esquecer. Fechando o EP, “Kbelo Meu”, single lançado em julho pelo Samba de Saia, fala sobre o orgulho do cabelo crespo e o respeito que ele impõe.

O grupo apresenta para o público as canções do EP em uma live no seu canal do Youtube no dia 03 de setembro, às 17h.

Nossa Identidade teve sua produção e gravação proporcionadas pela aprovação do projeto na Lei de Incentivo Municipal de Cultura de Curitiba. Ouça: https://tratore.ffm.to/nossa-identidade

FAIXA A FAIXA

1. ‘Nossa Identidade’ por Cíntia Albuquerque
“Nossa Identidade” é uma canção-desabafo. Narra a história de uma mulher sobrecarregada, em uma jornada tripla de muitos e diferentes trabalhos. Essa história esbarra na história de muitas outras mulheres, esmagadas por rotinas e demandas solitárias, mesmo em suas relações afetivas. São mães-solo, são profissionais altamente dedicadas, são esposas e namoradas incubidas, pela estrutura patriarcal em que vivemos, do cuidado de várias pessoas. A dicotomia dessa história é que, muitas vezes, é também pelo trabalho que surgem oportunidades de crescimento e de transformação. A canção aponta também para a força que cada mulher tem, para a fé que sustenta, para o cuidado que ampara (a si e aos outros) e para um sofrer inerente ao papel social da mulher em um dos países mais violentos para o gênero. É um olhar para o valor que se tem e para o valor do que faz, sem romantizar a precariedade em que vive uma mulher sobrecarregada.

2. ‘Meu Primeiro’ por Edi Nunes
A música “Meu Primeiro” foi criada pensando nos relatos femininos das minhas amigas, dos meus e de outras musicistas, sobre desilusões amorosas e nos relacionamentos mal sucedidos com homens frequentadores da noite curitibana. A criação foi feita quando o Samba de Saia se preparava para se apresentar no FIFA FUN FEST em 2014. As integrantes estavam num momento muito criativo e fizeram um mutirão de composição.

3. ‘Cuida de Ti, Mulher’ por Cida Airam
A música fala sobre cuidar de si, sobre o auto amor, sobre saber dizer não e sobre axé ( força e luz ) da mulher. Em tempos tão desafiadores, ouvir o coração, a intuição e ter consciência da força feminina é afirmar a existência e a resistência. “Cuida de Ti, Mulher” é um chamado para que todas as mulheres não se esqueçam, não se anulem e que nossos corações sejam aquecidos pela nossa luta de resistirmos a todo tipo de opressão sendo guiadas pelo amor a nós mesmas.

4. ‘Kbelo Meu’ por Karin Oliveira
A canção foi escrita em 2007, quando eu fazia parte do grupo Samba de Saia, o qual permaneci por 10 anos na percussão. Tive muita liberdade em poder escrever algo que sempre fez sentido na minha vida: o respeito com nossos cabelos crespos. Queria passar o sentimento de orgulho do meu cabelo, da minha raça. As pessoas precisam respeitar a todos. A “Kbelo Meu” nasceu da vontade de ter esse respeito e em forma de música fica mais fácil entrar na cabeça das pessoas, principalmente das crianças.

FICHA TÉCNICA

Produzido e dirigido por Érica Silva, gravado na Chácara Asa Branca por Fred Teixeira, no Easter Egg Studio por Érica Silva e no estúdio Coteaux Records por Fernanda Cordeiro e Fernando de Castro.

1.Nossa Identidade
Composição: Cintia Albuquerque
Voz: Cida Airam feat. Luana Godin
Teclas e escaleta: Maristela Ávila
Percussão: Bruna Alcantara, Halanna Aguiar e Gabriela Bruel
Flauta: Marcela Zanette
Trombone: Fernanda Cordeiro
Violão, guitarra e baixo: Érica Silva
Coro: Bruna Alcantara, Érica Silva, Halanna Aguiar e Hannah Pinkuss
Edição, direção e produção musical: Érica Silva
Arranjo: Érica Silva
Mixagem e masterização: Fred Teixeira

2. Meu Primeiro
Composição: Edi Nunes
Voz: Cida Airam
Teclas: Maristela Ávila
Percussão: Bruna Alcantara, Halanna Aguiar e Gabriela Bruel
Flauta: Marcela Zanette
Trombone: Fernanda Cordeiro
Violão e baixo: Érica Silva
Coro: Bruna Alcantara, Érica Silva, Halanna Aguiar e Hannah Pinkuss
Edição, direção e produção musical: Érica Silva
Arranjo: Érica Silva
Mixagem e masterização: Fred Teixeira

3. Cuida de Ti
Composição: Cida Airam
Voz: Cida Airam feat. Amanda Cortes
Teclas: Maristela Ávila
Percussão: Bruna Alcantara, Halanna Aguiar e Gabriela Bruel
Flauta: Marcela Zanette
Trombone: Fernanda Cordeiro
Violão, guitarra e synthbass: Érica Silva
Coro: Bruna Alcantara, Érica Silva, Halanna Aguiar e Hannah Pinkuss
Edição, direção e produção musical: Érica Silva
Arranjo: Luis Otávio
Mixagem e masterização: Fred Teixeira

4. Kbelo Meu
Composição: Karin Oliveira
Voz: Cida Airam feat. Karin Oliveira
Teclas: Maristela Ávila
Percussão: Bruna Alcantara, Halanna Aguiar e Gabriela Bruel
Flauta: Marcela Zanette
Trombone: Fernanda Cordeiro
Violão e baixo: Érica Silva
Coro: Bruna Alcantara, Érica Silva, Halanna Aguiar e Hannah Pinkuss
Edição, direção e produção musical: Érica Silva
Arranjo: Luis Otávio
Mixagem e masterização: Fred Teixeira

SOBRE SAMBA DE SAIA
Samba de Saia é um quarteto curitibano feminino de samba e suas vertentes. O grupo, formado em 2005, teve diversas formações e atualmente é integrado por Halanna Aguiar no pandeiro e voz, Bruna Alcântara na percussão, Cida Airam no vocal e Maristela Ávila no teclado. Ao longo desses 16 anos, o Samba de Saia esteve muito presente na cena cultural paranaense, sendo inclusive mencionado em artigo do jornal The New York Times como um grupo feminino em crescimento no mundo da música popular brasileira, em setembro de 2018. Apesar de ter muitos anos de estrada, apenas em agosto de 2021 que o grupo de samba de Curitiba apresenta para o público nacional suas composições com o EP Nossa Identidade.

INTEGRANTES
Cida Airam – Voz
Maristela Ávila – Teclas e Escaleta
Halanna Águiar – Percussão e Voz
Bruna Alcântara – Percussão

REDES SOCIAIS
Facebook: https://www.facebook.com/SambadeSaia
Youtube: https://www.youtube.com/user/desaia
Twitter: https://twitter.com/Sambadesaia
Instagram: https://www.instagram.com/sambadesaia

Comentários

© 2018 Barulho Curitiba