Oito bares de Curitiba participam da Negroni Week. Veja quais

Por - Barulho Curitiba
(Foto: Divulgação)

A Campari, marca icônica de origem italiana, promove a oitava edição da Negroni Week, maior evento de coquetelaria do mundo que acontece simultaneamente em mais de 12 mil cidades ao redor do globo. Pela primeira vez, a ativação será realizada exclusivamente em formato digital e 100% via delivery, devido à pandemia. 

Até 20 de setembro, os amantes do drinque que leva Campari, Gin e Vermute, poderão degustar diversas versões de Negroni, preparadas pelos maiores nomes da coquetelaria e, ainda, ter uma experiência dentro de casa.  Em Curitiba, são 8 bares participantes: Ginger, Cosmos, Tesouros de Cuba, Bobardi, Officina, Dom, Ponto Gin e Bulldog Tabacaria.

Para tornar a Negroni Week 2020 icônica, a Campari reformulou o evento. Nas edições anteriores, os bartenders produziam uma versão exclusiva de Negroni que ficava disponível durante os sete dias da ativação, possibilitando que os consumidores circulassem entre os bares participantes para degustar as diferentes criações. Nesta edição, entretanto, cada estabelecimento produziu três receitas do drinque, sendo uma clássica e as outras duas autorais, que serão vendidas de forma conjunta.
Os drinques serão entregues pelos bares, via delivery, em uma caixa personalizada, que acompanhará copo, máscara e descansa copo de couro.

Confira as receitas abaixo de Vinícius Kodama, do Ponto Gin:
• Negroni Clássico: Campari, Bulldog, Cinzano Rosso
• Negroni da Fazenda: Campari, Gin infusionado em cacau e Cinzano Rosso
• Negroni Cumaré: Campari, Cinzano Rosso, Licor de Sabugueiro, Paratudo e Cachaça envelhecida em Amburana

Além das experiências proporcionadas aos consumidores, a Negroni Week possui um viés social. Todos os anos, os bartenders participantes da ação arrecadam fundos para uma instituição de caridade global. Este ano, devido à crise econômica que prejudicou o setor, os consumidores serão convidados a fazerem doações para o projeto ‘50 Best For Recovery’, iniciativa da ‘50 Best Organisation’, que tem apoiado os 50 melhores bares e restaurantes de coquetelaria do mundo, eleitos pela sua tradicional premiação anual ’The World’s 50 Best’. Entre os favorecidos do programa está o Guilhotina Bar, famoso no Brasil por sua expertise no universo dos drinques. Para participar da causa, basta acessar o link: http://negroniweek.com/donation/

Com mais de 100 bares participantes no Brasil e diversas variações de receitas disponíveis que atendem a qualquer tipo de paladar, a Campari espera movimentar, em média, mais de 5 mil pedidos.

Para conferir a lista de bares participantes da Negroni Week 2020 acesse: http://www.familiacampari.com.br/negroniweek/
Beba com responsabilidade.

SERVIÇO:
NEGRONI WEEK
O que: Caixa de experiência contendo: 1 caixa premium que conta a história de Negroni, 1 Negroni clássico, 2 Negroni autorais, 1 máscara personalizada, 1 bolacha premium em couro, 1 copo de Negroni
Quando: De 14 a 20 de setembro

SOBRE CAMPARI
Campari é um clássico contemporâneo e carismático. A receita secreta, que se manteve inalterada, originou-se em Novara em 1860 e é a base de alguns dos coquetéis mais famosos do mundo. Campari é uma bebida alcoólica obtida a partir da infusão de ervas amargas, plantas aromáticas e frutas em álcool e água. Com sua cor vermelha vibrante, aroma intenso e sabor inspirador, Campari sempre foi um símbolo de intriga e prazer, que se desdobra em uma experiência de bebida cativante. Estes são os valores que tornaram a marca Campari famosa em todo o mundo como um ícone de excelência e estilo italiano apaixonado.

SOBRE O NEGRONI
O Negroni é hoje um dos mais famosos coquetéis clássicos contemporâneos. Em qualquer lugar do mundo, você encontrará um mixologista que pode fazer o icônico drink. A receita original, a combinação perfeitamente equilibrada de partes iguais de Campari, Red Vermouth e London Dry gin, tem quase um século e continua a ser apreciada até hoje. A International Bartenders Association (IBA) lista o Campari como ingrediente oficial do Negroni e, portanto, não há Negroni sem Campari!
Foi por volta do ano de 1919, em Florença, quando o conde Camillo Negroni pensou em pedir um coquetel Americano, mas decidiu que era hora de uma mudança, que surgiu o Negroni. O conde solicitou um toque de gim, ao invés de refrigerante, inspirado por sua última viagem a Londres, que tinha a cena de gim predominante. O barman teve o prazer de honrar o pedido do Conde Camillo Negroni e acrescentou um enfeite de laranja, em vez da rodela de limão do Americano, para indicar a nova bebida que ele havia criado.

Comentários

© 2018 Barulho Curitiba