No mês da mulher, Jornal Cândido traz todos os conteúdos assinados por elas

- Atualizado às 16:56
Por - AN-PR
(Foto: BPP)

A Biblioteca Pública do Paraná encerra sua programação do Mês da Mulher com o lançamento de uma edição especial do jornal Cândido. Inteiramente dedicado ao universo feminino na literatura, o número 116 da publicação mensal da BPP também traz apenas conteúdos produzidos por colaboradoras. São textos, fotos e ilustrações que formam um painel variado, composto por diferentes vozes e olhares.

Começando pelo ensaio que norteia a edição, assinado pela escritora e pesquisadora Julie Fank. “Escrever sobre a produção de literatura por mulheres exige, inevitavelmente, que se fale sobre um campo que não é mais regido pelas mesmas leis e parâmetros. O ‘senhor todo mundo’ está em falência, a literatura aboliu as fronteiras rígidas e o hibridismo é parte fundamental de uma nova configuração estética escrita por outros corpos”, diz a autora.

Ao lado da contista e romancista Giovana Madalosso e da poeta Mariana Basílio, Julie foi convidada de uma live promovida pela BPP no último dia 17, em que se discutiu a participação feminina na literatura. O Cândido de março traz a transcrição dos melhores momentos desse encontro, que também está disponível, na íntegra, no canal youtube.com/BibliotecaPR.

Outros destaques da edição 116: crônica de Cidinha da Silva, contos de Natalia Tilerman e Antônia Leão, poemas de Jussara Salazar e Natasha Felix, quadrinhos de Laura Mazzottini e fotos de Heloisa Nichele na seção Cliques em Curitiba. A arte da capa é de Ludmila Zeger.

Em razão do fechamento temporário da Biblioteca Pública do Paraná (que segue a orientação do Governo do Estado para o enfrentamento ao coronavírus), a distribuição de exemplares impressos do Cândido está suspensa até o retorno das atividades da instituição.

O jornal pode ser lido aqui.

Comentários

© 2018 Barulho Curitiba