Mãe e filha produzem crochê sustentável substituto do algodão em Curitiba

Por - Maite Ritz
Caroline e Fabiane fazem seus próprios Ecopads.
Caroline e Fabiane fazem seus próprios Ecopads.

Naturais de Curitiba, Caroline Ivanski Langer (18) e Fabiane Ivanski da Silva (48), criaram os “Ecopads” visando a proteção do meio ambiente, redução na produção de lixo e uma ajuda na renda da casa. Mãe e filha produzem os “Ecopads” em conjunto e os vendem pela internet.

“Acredito que ao passo que adquirimos uma consciência ambiental, cada vez mais ficamos atentos ao que estamos jogando no lixo e analisando as possiblidades de itens alternativos que evitem esse descarte de forma exagerada. Dessa forma, a gente consegue pensar como é absurdo comprarmos desnecessariamente sacos e sacos de algodão que, após o primeiro uso, vão direto para o lixo.”, diz Caroline.

Os Ecopads são rendas de crochê versátil em forma de discos que servem como substituto para o algodão e outros produtos. Ele é reutilizável e pode ser manuseado com diversas finalidades como: aplicador de maquiagem, para limpeza de pele, removedor de esmalte, entre outros. É recomendado que se use um Ecopad para o rosto e um especialmente para removedor de esmalte, para não causar confusões. Depois é só lavar e reutilizar. A versatilidade do produto e sua durabilidade são pontos que chamam atenção.

 “Imediatamente, o maior benefício dos Ecopads é sua sustentabilidade, justamente por conta de não contribuir na geração de lixo. Como consequência, quem utiliza ainda tem uma enorme praticidade no uso graças à excelente eficácia e versatilidade do produto. É também muito econômico, já que eu considero dois Ecopads como a quantidade ideal para possuir, e também porque realmente dura bastante. “ comenta Caroline, idealizadora do projeto.

EM FAMÍLIA

Caroline e a mãe, Fabiane, produzem seus Ecopads junto com a tradição familiar. “Nós produzimos Ecopads avulsos, das mais diversas cores; e kits de 3 e bolsinhas para guarda-los. São feitos de fios 100% algodão e com muito amor. Minha mãe aprendeu a fazer crochê com 11 anos e foi ela quem elaborou a forma como nossos Ecopads são feitos. Ela é quem, então, os faz, e está verdadeiramente adorando esse “ganho de função social” do crochê dela. Eu trabalho com o gerenciamento das vendas, mas também me arrisco em aprender a fazer.” Nos conta Langer.

A PRODUÇÃO E PROCURA

Os Ecopads estão sendo vendidos efetivamente há pouco tempo, mas já conquistaram o público. “Eu estou realmente impressionada com o tanto de gente que veio se informar sobre o produto, me mandando mensagem querendo adquirir e enviando feedbacks de como está sendo o uso. É interessante pensar no tanto de consciência gerada, porque as pessoas que visualizam essa ideia realmente passam a ter mais cuidado com outros aspectos ambientais, procurando e criando mais alternativas para ajudar.” Finaliza Caroline.

 

Você pode comprar seus Ecopads entrando em contato com a Carol pelo Instagram @ivanskilanger, pelo Facebook fb.com/langercarol ou pelo Whatsapp (41) 996852280.

 

 

 

 

Comentários

© 2018 Barulho Curitiba