Loja pioneira de HQs em Curitiba, Itiban Comic Shop celebra 30 anos de resistência com festa

- Atualizado às 14:56
Por - Barulho Curitiba
(Foto: Reprodução)

Criada em 1989, a Itiban Comic Shop, a primeira loja especializada em histórias em quadrinhos de Curitiba formou gerações de leitores e tornou-se referência no cenário nacional completa 30 anos de resistência com festa neste sábado (12). A data de 12 de outubro, que marca o Dia das Crianças, aliás reflete o estilo livre, independente, contestador e lúdico da loja. 

"Somos resistênciafrente a pensamentos totalitários que querem censurar ideias, como vimos recentemente na Bienal do Livro do Rio de Janeiro, e a empresas globais que colocam o lucro à frente de tudo e todos. O livro adquiriu seu significado maior: não de mero consumo, mas de transformação. Não é um objeto descartável, mas eterno”, diz Selma Mitie Taketani Utrabo, sócia da Itiban junto com Luiz Francisco Lima Utrabo, e curadora da Bienal de Quadrinhos de Curitiba. “A Itiban se tornou um refúgio para pessoas que tinham um gosto por histórias em quadrinhos, em uma época antes da Amazon e de e-commerces. Há, ainda, artistas e teóricos que começaram a frequentar a loja como leitores e se tornaram grandes autores”, relembra  Luiz Francisco ou Xico, como é conhecido. Com uma curadoria especializada (inclusive em literatura) e proprietários que já se tornaram personagens de Curitiba, a Itiban consolidou-se como um verdadeiro lugar de troca, de boas histórias e para se alimentar de cultura.

Hoje, a loja oferece de livros infantis a HQs de super-heróis, passando pelos quadrinhos autorais mundiais e nacionais à literatura, ao mangá, ao RPG e aos card games, sem falar do ItiClub, o clube de leitura mensal e gratuito, e os bate-papos periódicos com autores de todo o Brasil. Em três décadas, a loja acompanhou o ápice de ícones dos quadrinhos, como as revistas Chiclete com Banana e Animal, a produção de fanzines até o desenvolvimento da HQ autoral nacional. “A diversidade é a principal marca do quadrinho atual. Além disso, com a autopublicação e a possibilidade de venda e distribuição da própria criação, essa arte se tornou democrática. Desde o acesso do leitor até quem está criando e publicando”, diz Mitie. Mas num cenário de adversidades para pequenas livrarias independentes, por que persistir?  Xico responde: “Porque não somos outra coisa a não ser isso. Seria como um agricultor perder a própria terra. A Iitban nos permitiu viver com completa liberdade e gerar um valor para a sociedade: explorar um comércio que retorna cultura para as pessoas. As HQs têm uma valia incomensurável, no sentido de promover a humanidade”.

A comemoração dos 30 anos da Itiban, que acontece neste sábado (12), a partir das 11h, contará com uma série de atrações: Itiban Esmaga (preços especiais em produtos selecionados); as bandas Paraguaya e Giovanni Caruso, Rabo de Galo e Ska The Men; cartaz com arte de Marcello Quintanilha; venda exclusiva dos artistas do coletivo Cidade Fria; chopes, quitutes e cafés do Manifesto Café; e, claro, bolo de aniversário por Vegan Vendetta.

Serviço:
Festa Itiban 30 Anos
Sábado, 12 de outubro de 2019.
Das 11h às 22h.
Na Itiban Comic Shop: Av. Silva Jardim, 845.
Entrada franca

Comentários

© 2018 Barulho Curitiba