Primeiro Imin Matsuri da Era Reiwa acontece neste fim de semana em Curitiba

- Atualizado às 22:15
Por - Redação Barulho Curitiba
Festa apresenta a cultura nipo-brasileira
Festa apresenta a cultura nipo-brasileira (Foto: Divulgação)

A comunidade nipo-brasileira de Curitiba promove neste fim de semana, sábado e domingo, o 29º Imin Matsuri (Festival do Imigrante Japonês), na Expo Barigui. Este evento já é uma tradição na cidade e, durante dois dias, o público poderá assistir apresentações culturais, degustar o melhor da culinária oriental, participar de oficinas, do bom odori (dança) e do concurso de cosplay.

“Este matsuri é especial porque comemora os 111 anos de imigração japonesa no Brasil e também é a primeira festa da Era Reiwa, a atual era imperial, que iniciou no dia 1º de maio, quando o príncipe Naruhito se tornou imperador do Japão”, diz Noriyassu Seto Takeguma, presidente da Associação Cultural e Beneficente Nipo-Brasileira de Curitiba, entidade organizadora do evento.

O evento inicia sábado às 10 horas e às 11h30 será realizado o ireisai, um culto budista em memória aos imigrantes pioneiros. O destaque artístico neste ano será a apresentação internacional de Reison Kuroda, que toca shakuhachi (flauta tradicional japonesa). Artista premiado e considerado embaixador da cultura japonesa, a apresentação de Kuroda será às 15h45.

Outro destaque no sábado será às 18 horas, quando jovens que representam personagens de animé (desenhos), mangá (quadrinhos) e videogames participarão do concurso de cosplay.

Durante os dois dias serão realizadas apresentações de taikô (show de tambor), odori (dança), karaokê (música) e artes marciais. No centro gastronômico serão vendidos pratos como sashimi, sushi, tepanyaki, yakissoba, guioza, tempurá, okashi, udon e muitos outros. Artesanatos orientais também serão comercializados. O público poderá participar de oficinas gratuitas de origami (dobradura de papel), furoshiki (arte de embrulhar com tecido) e mangá (quadrinhos japoneses).

A imigração japonesa iniciou em 18 de junho de 1908, quando 781 imigrantes desembarcaram do navio Kasato Maru, no Porto de Santos. O Paraná abriga a segunda maior comunidade nipo-brasileira, com 150 mil descendentes.

Comentários

© 2018 Barulho Curitiba