Festival Radiação reúne 115 artistas de 14 cidades do Brasil nessa sexta

- Atualizado às 08:22
Chenobyl - Slim Soledad
Chenobyl - Slim Soledad (Foto: Divulgação)

Do dia 29 de maio a 1º de julho, o Festival Radiação apresenta para o público lives diárias de 30 festas e coletivos de Belo Horizonte (MG), Brasília (DF), Campinas (SP), Curitiba (PR), Florianópolis (SC), João Pessoa (PB), Natal (RN), Porto Alegre (RS), Recife (PE), Rio de Janeiro (RJ), Salvador (BA), Santiago (CHI), São Luís (MA) e São Paulo (SP). As apresentações acontecem de forma gratuita, das 19 às 20 horas, no canal do Youtube do Festival Radiação, além de ser replicado para as redes de Facebook e Instagram da festa Sangra Muta.

Idealizado pelo produtor artístico Tiago Franco, da Sangra Muta, o Festival Radiação tem por objetivo, além da geração de conteúdo criativo, o fortalecimento de uma cena cultural que hoje, no Brasil, representa um novo caminho para as artes e para a noite. “Trabalhar com eventos culturais é estar sempre em contato humano e reunir pessoas com um propósito em comum, algo que se tornou impensável na situação atual. Antes de tudo acontecer, nós faríamos um festival físico em novembro, mas isto não nos parou e as ideias para o formato digital foram surgindo, até chegarmos nessa solução que abre portas e amplia a rede do circuito independente brasileiro”, explica.

O evento começa no dia 29 de maio com um talk entre os produtores do evento Tiago Franco (produtor artístico), Mafalda Ramos (produtora executiva) e Gabriel Brugnara (produtor técnico) e as convidadas Karen Cunha e Paulete Lindacelva, abordando os impactos do COVID-19 no mercado cultural, novos meios, iniciativas, ações e perspectivas para o profissional de cultura.

De 1º a 30 de junho, acontecem as apresentações. Cada festa ou coletivo convidado pelo Radiação escolheu os artistas para suas lives. O resultado desta curadoria foi impressionante e reúne 115 artistas espalhados pelo Brasil e o mundo em diferentes formas de expressão: música, teatro, dança, cinema e artes visuais. O público poderá ouvir as apresentações de DJs acompanhadas de imagens potentes, produzidas por artistas da nova arte nacional.

No dia 1º de julho acontece o encerramento com um compilado do festival e conteúdo secreto.
Para que sobrevivam e possam prosseguir, farão uma campanha de arrecadação virtual de fundos, com cotas disponíveis para doação e suporte ao projeto. 70% da renda será distribuída entre os coletivos participantes e 30% irá para o Projeto “Salva Rave”, que busca levantar contribuições e cestas básicas para profissionais de segurança, limpeza, bar e brigadistas comum entre as festas de São Paulo.

PROGRAMAÇÃO

Todas as lives acontecem das 19 às 20 horas
29 de maio Abertura com Talk
01 de junho Blum - São Paulo
02 de junho Bateu - Florianópolis
03 de junho No Mercy - São Paulo
04 de junho Vapor - Brasília
05 de junho Hypnos - Recife
06 de junho Kode - Rio de Janeiro
07 de junho Silver Tape - São Paulo
08 de junho Sangra Muta - São Paulo
09 de junho Disconexa - Natal
10 de junho Lust - Brasília
11 de junho On Wax - Santiago
12 de junho Masterplano - Belo Horizonte
13 de junho Darq - São Paulo
14 de junho Mamba Negra - São Paulo
15 de junho 001 - Rio de Janeiro
16 de junho Zona - Porto Alegre
17 de junho Terral - São Luís
18 de junho ODD - São Paulo
19 de junho Dando - São Paulo
20 de junho Vorlat - Porto Alegre
21 de junho Redoma - Curitiba
22 de junho 001 - João Pessoa
23 de junho Bicuda - São Paulo
24 de junho Smoking Haus - Natal
25 de junho Versa - São Paulo
26 de junho Chernobyl - São Paulo
27 de junho 1010 - Belo Horizonte
28 de junho Gang - São Paulo
29 de junho Manifesto - Salvador
30 de junho Capslock - São Paulo
01 de julho Encerramento com um compilação do conteúdo produzido em Junho

TRANSMISSÃO
Youtube do Festival Radiação: https://www.youtube.com/channel/UCT2raD3-Hg8ZfowKjLjUzaw
Instagram da Sangra Muta: https://www.instagram.com/sangramuta/
Facebook da Sangra Muta: https://www.facebook.com/sangramuta/
Como vai ser a live de Curitiba

1/06 REDOMA
> numa ruptura pós_contempiranha > o presente é futuro & ultrapassa os limites de escassez da matéria _ em Redoma o estranho refugia & instiga experiências saudáveis ____ infiltrando até mesmo camadas inicialmente não receptivas > este pedaço de nós > em audio_visual > irradia profundos fluxos de des_construção > aceitação > presença _
DJ: beenimal
ARTISTA VISUAL: strangepeo
FOTOS E INTERVENÇÃO AUDIOVISUAL: lourene e allan djone
PERFORMANCE: indigo, isabela gregoris, jaiussaa, santaeputa, yasqueeeenn (respectivamente)

COLABORAÇÃO
https://www.vakinha.com.br/vaquinha/fundo-para-artistas-profissionais-da-noite-e-comunidade-lgbtq

Comentários

© 2018 Barulho Curitiba