Curso de artista curitibana promove imersão na arte drag king

Por - Barulho Curitiba
(Foto: Lucas Gibson)

Você certamente já ouviu falar de drag queens, mas conhece os drag kings? Assim como as queens, os kings também brincam com as ideias mais comuns sobre gênero – nesse caso, o masculino. Pioneiro do movimento king no país, o coletivo curitibano Kings of the Night, de Curitiba, promove várias ações para a existência de uma comunidade expressiva atuante nesse segmento.  Criado em 2014, Rubão, drag king da artista Rubia Romani, ministrou nos últimos três anos oficinas de drag kings atreladas a uma festa performática chamada também de Kings of the Night. Conhecido por ser o “pai de todes”, Rubão agora une forças com o drag king paulista  Don Valentim para uma imersão online na arte drag king.  

O curso acontecerá em três etapas, entre o final de setembro e o final de outubro, e abarcará: história, escavação psicológica e gestual, técnicas de teatro, dança, burlesco, maquiagem e composição de performance. Cada uma das etapas pode ser realizada separadamente, e pessoas negras e trans ainda terão desconto de 50% no valor da imersão. O grande encerramento, com o debut dos novos reis, será na festa Kings of the Night, evento performático tradicional da cena king curitibana  – desta vez, porém, o rolê será inteiramente online, seguindo as recomendações das autoridades de saúde.

 

Sobre Rubão e Kings of the Night

Criado em 2014 e conhecido por ser o “pai de  todos os kings”,  Rubão é criação da artista Rubia Romani, que percebeu a inexistência da cena king no contexto brasileiro – mais um resultado da hegemonia patriarcal de nossa sociedade.  Nos últimos três anos, Rubão ministrou oficinas de kings atreladas à festa performática Kings of the Night. O objetivo era aproximar interesses, gerar encontros e fomentar a arte king e a cena cabareteira nacional. O resultado disso foi o surgimento do primeiro coletivo de Drag Kings do país, composto por uma variedade mulheres cis, trans e não bináries, que carregam diferentes motivações pessoais. Juntas, elas refletem sobre as relações de poder hegemônicas e os direitos a que se arrogam a partir do corpo.

Entre os feitos do coletivo está o Calendário Erótico Kings of the Night, um calendário anual que visibiliza as datas de luta da comunidade lgbtqia+  e debocha da erótica da masculinidade dominante.

 

Sobre Don Valentim

 

Presente na cena drag paulista desde  2016, o drag king Don Valentim  se apropria de padrões de masculinidade e feminilidade hegemonica, resignificando e subvertendo suas noções por meio da maquiagem e performance.  Membro do coletivo de mulheres drag Riot Queens (@queensriot), o king atua como performer, hostess, gogo drag e maquiador em diversos eventos e festas.  Com formação em artes visuais e vivência nas artes circenses, Don Valentim mescla a estética do circo com aspectos gráficos da ilustração, conferindo à sua persona um caráter cartunesco,  excêntrico e, por vezes, inumano.  Por meio da comicidade explora o ridículo, permitindo-se rir de si, dos estereótipos de gênero e demais normas sociais ao evidenciar a artificialidade e arbitrariedade de tais imposições. 

 

Programa do curso

 

26 e 27/09: Teórica/Prática - História e escavação psicológica e gestual

 

03 e 04/10: Maquiagem

 

17 e 18/10: Composição de performance

 

24/10: Encerramento Festa Kings of the Night Online

 

Das 16h às 19h pelo Google Meet

 

Valor: R$150 por etapa ou R$ 395 pelo curso completo

Contato: rubiavr@hotmail.com

 

Comentários

© 2018 Barulho Curitiba