Curitiba recebe o maior evento de cinema Super 8 das Américas

Por - Barulho Curitiba
(Foto: Divulgação)

A capital paranaense recebe, de 19 a 22 de novembro, a 16ª edição do Festival Internacional de Cinema em Super 8 de Curitiba — o CURTA 8. Este ano, em função do Covid-19, toda programação do evento terá transmissão online gratuita. Como não poderia deixar de ser, a pandemia está presente na temática de algumas obras. Ao todo serão exibidos 52 filmes, originários de seis países, que estabelecem um diversificado recorte do super 8 nos dias de hoje, e também do passado.

Criado em 2005, o CURTA cresceu rapidamente, impulsionado pela paixão que ainda permanece pelo filme analógico, até se tornar um evento mundial em 2008. Atualmente, o Festival o mais antigo de Curitiba, e uma das maiores iniciativas já realizadas no Brasil. Além disso é um dos poucos dedicados ao exclusivamente ao culto da bitola super 8 nas Américas, sendo o mais longevo realizado ininterruptamente no mundo.

Este ano, o CURTA 8 terá duas mostras competitivas, a de Finalizados em Digital e de Tomada Única. Esta última é uma das grandes atrações do Festival, que sempre gera aflição entre os participantes e público. Produzidos com apenas um cartucho, os curtas-metragens são filmados na ordem narrativa do roteiro e não passam por edição posterior. Tanto público quanto realizadores, assistirão juntos aos filmes pela primeira vez, com a trilha sonora executada ao vivo durante a projeção.

Mostra paralelas

Além das exibições competitivas, o CURTA 8 apresentará mais duas mostras paralelas. A primeira será a “Mostra Jorge Bodanzky”, que exibirá quatro filmes em super 8 deste importante fotógrafo e diretor brasileiro. Serão apresentados “Belém – Brasília e Transamazônica”, “Chacrinha”, “Tatunca Nara Manaus Rio Negro” e “Brasília super 8”, todos da década de 70. Como o próprio Jorge explica, são obras superoitistas do período em que ele era fotógrafo de documentários de televisões estrangeiras. Além do registro em 16mm, Jorge filmava também em super 8, numa espécie - segundo definição dele mesmo – “de caderno de notas e lembranças”.

A outra mostra será a “Com-Vida 2020 – o super 8 ainda pulsa”, que tem curadoria do cineasta pernambucano radicado em Los Angeles, Ivan Cordeiro. Ele faz um recorte que apresenta uma amostragem atual do superoitismo no mundo. “Procurei representar os sentimentos emocionais que nos afligem durante essa pandemia, com filmes super 8 que resgatassem esse grande poder da transformação humana”, esclarece Cordeiro.

A programação prevê, ainda, a realização da marterclass “História do Super 8 Paranaense”, ministrado pelo cineasta e historiador Flávio Rocha. E como é tradicional no CURTA 8, no domingo o público poderá participar do evento na sessão do “Dia do Filme Caseiro”. No Home Movie Day são exibidos filmes pessoais, em super 8 e single 8, que os espectadores poderão enviar para a organização do Festival, fazendo contato por meio do email curta8@curta8.com.br. A ideia da sessão é apresentar um pouco de tudo: desde trabalhos de ficção autorais, até registros familiares.

Este ano o CURTA 8 é viabilizado pela Lei Municipal de Incentivo à Cultura de Curitiba, com patrocínio da UNINTER, tendo os apoios do Cine Passeio, do ICAC e da Eye See Film. O Festival é coordenado por Antonio Carlos Domingues, com curadoria de Fábio Allon nas mostras competitivas. A produção é de Adriano Esturilho, da Processo Multiartes. A programação completa do evento está disponível no site www.curta8.com.br

SERVIÇO:
“Curta 8 – Festival Internacional de Cinema Super 8 de Curitiba”
Data: 19 a 22 de novembro de 2020
Horário: Quinta e Sexta sessões às 19h e 20h. Sábado e Domingo sessões às 16h, 18h, 19h e 20h. Programação completa no site www.curta8.com.br
Transmissões gratuitas pelos endereços: curta8.com.br e estudio9.live
Classificação etária: 16 anos

Comentários

© 2018 Barulho Curitiba