Coronavírus: UFPR produz desinfetante de mãos, álcool gel e máscaras

Por - Barulho Curitiba
(Foto: Divulgação)

Em meio à pandemia do coronavírus no mundo, a Universidade Federal do Paraná (UFPR) está produzindo álcool 70% glicerinado para distribuição gratuita a hospitais e postos de saúde do Sistema Único de Saúde (SUS) no Paraná, além de instituições beneficentes com pessoas do grupo de risco. A iniciativa do Laboratório de Espectrometria de Massas (LabFenn) da UFPR, em Jandaia do Sul, busca trazer uma alternativa para o alto preço e baixa disponibilidade do álcool gel em farmácias e mercados.

O produto não é gelificado, mas pode ser usado para esterilização cirúrgica e para desinfetar as mãos. A produção chega a 500 litros de álcool 70% por dia e a expectativa é que se alcancem mil litros diários na semana que vem. Dos 100 frascos já entregues, 50 foram para o SUS de Jandaia do Sul, enquanto outros 50 tiveram como destino o Asilo São Vicente de Paula, do mesmo município.

Nesta terça-feira (23), 50 litros do desinfetante serão entregues para um hospital na cidade de Jaguapitã, no interior do Paraná, e para a Fazenda da Esperança, em Jandaia do Sul. A distribuição é prioritária para hospitais e postos de saúde. Depois, o foco é para instituições beneficentes, que atendem pessoas do grupo de risco do coronavírus, e após essa distribuição, o produto será ofertado à sociedade como um todo.

"O produto vai ajudar a suprir uma demanda. O álcool em gel está em falta e o preço está alto. A ideia é compensar essa necessidade momentânea", diz o professor Eduardo Meurer, pesquisador do Laboratório de Espectrometria de Massas da UFPR. Distribuição é prioritária para hospitais e postos de saúde, depois, para instituições beneficentes e sociedade como um todo

O desinfetante é produzido a partir de uma formulação da Organização Mundial da Saúde (OMS). O processo começa num tanque de alimentação, em que são colocados os componentes, para então serem transferidos para um tanque maior, onde acontece a mistura. Após isso, os produtos são envasados, rotulados e estão prontos para serem utilizados.

Além do Laboratório de Espectrometria de Massas da UFPR, a produção contou com contribuições da comunidade e indústria local de Jandaia do Sul.

Álcool gel em Curitiba

Em Curitiba, a equipe da Farmácia Escola da UFPR, em parceria com a Pró-reitoria de Administração (PRA) e a Reitoria, produziu álcool gel. Essa produção foi destinada ao uso da comunidade interna da Universidade. Em uma semana, foram produzidos 56 quilos de álcool gel. "É um impacto muito importante e relevante para a comunidade acadêmica. Isso contribui para a segurança da comunidade interna da UFPR", diz a professora Camila Costa, coordenadora da Farmácia Escola.

Essa não é a primeira vez que a o projeto contribui em uma situação como essa. Na época do surto de H1N1, houve a produção de álcool gel para a UFPR, além do medicamento Tamiflu em solução oral para a prefeitura de Curitiba.

Projeto produz máscaras  e pede ajuda de quem tem impressora 3D

O projeto de Extensão do curso de Engenharia Mecânica da Universidade Federal do Paraná (UFPR), Engenhar - MEC, está produzindo máscaras de proteção para profissionais de saúde que estão na linha de frente do combate à Covid-19 em Curitiba!

Atendendo ao pedido de hospitais da capital, eles estão fabricando as máscaras através de impressão 3D. Mas como a demanda é muito grande (cerca de 3.200 máscaras) eles estão pedindo ajuda. Quem possuir impressora 3D e quiser ajudar, entre em contato pelo email engenhar.ufpr@gmail.com ou pelo telefone da imagem abaixo.

Comentários

© 2018 Barulho Curitiba