Bar no Litoral do Paraná suspende shows diante de aumento de casos de covid: 'Temos consciência'

Por - Josianne Ritz
(Foto: Divulgação )

Mesmo sem decreto que obrigue a suspensão das atividades, o proprietário do Aloha Surf Club, em Matinhos, no Litoral do Paraná, decidiu cancelar shows diante do aumento de casos de Covid e da gripe H3N2. "Nós sabemos do número de casos, porque muitos dos nossos amigos, familiares e funcionários estão infectados. Não dá para continuar. Fizemos por conta mesmo porque temos consciência de que se trata de um problema de saúde pública e que os governantes não estão tratando a situação como deveriam fazer", afirmou o proprietário do Aloha, Juca Barros. 

Segundo ele, seis dos oito funcionários do local estão contaminados. O bar suspendeu os shows do fim de semana que passou e do próximo. Apenas as aulas de surf estão mantidas. "Meu espaço é ao ar livre, mas mesmo assim resolvi tomar estas medida. Não podemos aglomerar neste momento", disse ele. O Aloha funciona há 7 anos. 

Músico retoma serenatas

O músico Fábio Elias é da banda Relespública, que teve o show cancelado no Aloha. De acordo com ele, os bares que estão abertos tanto no Litoral quanto em Curitiba já tiveram queda de movimento com a nova onda da pandemia e muitos têm dispensado os músicos. Por isso mesmo, ele retomou as serenatas que garantiram sua renda durante vários momentos  da Covid: "A agenda está aberta para um entretenimento seguro". As serenatas custam a partir de R$ 200 e o contato co Fábio pelo whats (41) 41 9102-6249).

Em Curitiba, 10% dos funcionários de bares e restaurantes contaminados

Até a última sexta (7), cerca de 10% dos trabalhadores de bares, restaurantes e casas noturnas de Curitiba foram contaminados por Covid  na nova onda de coronavírus que atinge todo o Brasil. Em um estabelecimento, 14 funcionários que testaram positivo de uma só vez. A informação é do presidente da Associação Brasileira de Bares e Casas Noturnas (Abrabar), Fábio Aguayo: "A saída tem sido recorrer aos profissionais que trabalham por taxa,mas está difícil achar esses profissionais".  Segundo ele, ainda não se tem notícia de bar ou restaurante de Curitiba que fechou nas últimas semanas por precaução ou contaminação entre funcionários.  

Comentários

© 2018 Barulho Curitiba