Aula para aprender a ser deputado? Começa projeto Parlamento Universitário na Assembleia Legislativa do Paraná

- Atualizado às 17:49
Por - Redação Barulho Curitiba
Dylliardi Alessi, coordenador da Escola do Legislativo
Dylliardi Alessi, coordenador da Escola do Legislativo (Foto: Pedro de Oliveira/Alep)

Aula para aprender a ser deputado. Isso mesmo. Os estudantes de nove instituições de ensino superior que participam da edição 2018 do projeto Parlamento Universitário e que irão tomar posse nesta terça-feira (30), vão antes passar por um treinamento especial. Será na manhã desta segunda-feira (29), a partir das 9 horas. O objetivo é que eles entendam como funciona a Assembleia Legislativa do Paraná (Alep) e o processo de produção legislativa. “Eles precisam entender esse mecanismo que é a Casa. Saber como funciona o dia a dia mesmo. Até mesmo a linguagem e como precisam se comportar. Afinal, serão deputados por duas semanas e as simulações são bem reais”, diz o diretor Legislativo da Alep, Dylliardi Alessi.

O projeto está em sua terceira edição e simula, ao longo de duas semanas, todo o processo de criação de uma lei, desde a chegada do projeto à Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), passando por outras comissões temáticas, indo a Plenário, sendo debatido e finalmente votado. “As simulações já começam na terça, com a eleição e posse da Mesa Executiva e eleição de um governador ou governadora. A gente faz isso para que eles, os estudantes, também possam apreciar propostas do Poder Executivo”, justifica Dylliardi.

Projetos encampados – Exercer o mandato no Parlamento Universitário, para alguns, significa também apresentar projetos que mais tarde podem se transformar em leis.  Foi o que aconteceu nas edições passadas, quando algumas das propostas apresentadas mostraram-se perfeitamente viáveis e bem elaboradas. Por isso, foram encampadas por deputados “de fato” e estão em tramitação, neste momento.

Se as sessões dessa nova “legislatura” vão ser comparadas às “de verdade”, só o tempo dirá, mas é certo que elas prometem. “Eles têm se mostrado ótimos articuladores ao longo das edições. Acredito que nãos será diferente desta vez”, afirma Alessi.

O Parlamento Universitário vai até o dia 9 de novembro e todos os trabalhos serão gravados e documentados pela TV Assembleia.  

Projeto premiado – Implantado no ano de 2015, o projeto  foi premiado no ano passado pela Associação Brasileira das Escolas do Legislativo e de Contas (ABEL) como o melhor do gênero no Brasil,  disputado com outras assembleias, câmaras municipais e tribunais de contas de todo o país.

Comentários

© 2018 Barulho Curitiba