Na onda do novo filme de Quentin Tarantino, confira 15 grandes álbuns lançados em 1969

- Atualizado às 19:51
Por - Henrique Romanine
Woodstock: o principal acontecimento cultural de 1969.
Woodstock: o principal acontecimento cultural de 1969. (Foto: Divulgação)

Estreia nesta quinta (15), o novo filme de Quentin Tarantino, "Era Uma Vez...em Hollywood" (Once Upon a Time in Hollywood), que aborda o ano de 1969, retratando a indústria cinematográfica da época, assim como a destruição do lema "paz e amor", através das ações sanguinárias da seita comandada por Charles Manson.

Período rico em acontecimentos históricos, sociais e culturais (como Woodstock), 1969 também foi responsável por trazer à luz do dia grandes álbuns musicais, que influenciaram gerações e permanecem no topo dos melhores trabalhos realizados no campo fonográfico.

Pegando carona nesse ano, selecionamos 15 grandes álbuns lançados há 50 anos, e que você já teve contato em algum momento de sua vida, com toda a certeza!

Abbey Road - The Beatles

Capa de Abbey Road, dos Beatles.

Come Together, Here Comes The Sun, Oh! Darling, e dois grandes feitos: a maior canção romântica (Something) e a capa mais aclamada da história.

Let it Bleed - The Rolling Stones

Capa de Let It Bleed, dos Rolling Stones.

Principal marco musical do fim da era "paz e amor". A gravação desse álbum foi marcada por desentendimentos, um aborto e duas mortes. O que não diminuiu, em nada, a sua importância.

Led Zeppelin - Led Zeppelin

Capa de Led Zeppelin, do Led Zeppelin.

Trabalho que abriu as portas para a cultura da década de 70.

The Velvet Underground - The Velvet Underground

Capa de The Velvet Underground, do Velvet Underground.

A influência do terceiro álbum do Velvet chegou até a nossa MPB, mais especificamente na regravação de Marisa Monte para "Pale Blue Eyes".

Stand! - Sly & The Family Stone

Capa de Stand!, do Sly & The Family Stone.

De Marvin Gaye a Michael Jackson, passando por Stevie Wonder, ninguém ficou incólume a este disco.

Willy and The Poor Boys - Creedence Clearwater Revival

Capa de Willy and The Poor Boys, do Creedence.

O maior hitmaker do rock lançou três discos em 1969. Mostra da capacidade inventiva do grupo, admirado até por quem não gosta do som.

Tommy - The Who

Capa de Tommy, do The Who.

A primeira ópera-rock de que tivemos notícia.

The Stooges - The Stooges

Capa de The Stooges, do The Stooges.

Definitivamente, a primeira banda punk da história. Antes mesmo do termo ser criado.

Nashville Skyline - Bob Dylan

Capa de Nashville Skyline, de Bob Dylan.

Indo do folk para o country, Bob Dylan comprova ser o nosso maior trovador.

Mutantes - Mutantes

Capa de Mutantes, dos Mutantes.

Maior banda do rock brasileiro? Sim. E a mais original também.

Gal Costa - Gal Costa

Capa de Gal Costa, de Gal Costa.

O fim do tropicalismo, e o nascimento de uma de nossas maiores cantoras.

Jorge Ben - Jorge Ben

Capa de Jorge Ben, do Jorge Ben Jor.

A musicalidade brasileira, atingindo status de world music.

Gilberto Gil - Gilberto Gil

Capa de Gilberto Gil, do Gilberto Gil.

A pedra de toque do pop brasileiro.

Caetano Veloso - Caetano Veloso

Capa de Caetano Veloso, do Caetano Veloso.

Influenciado pelo álbum branco dos Beatles, Caetano canta sobre a saudade da Bahia e de um Brasil mais humano (em tempos de ditadura militar).

Roberto Carlos - Roberto Carlos

Capa de Roberto Carlos, de Roberto Carlos.

'Não Vou Ficar', 'As Curvas da Estrada de Santos' e 'Sua Estupidez': uma fábrica de hits, responsável por afastar Roberto de vez da Jovem Guarda.

Crédito das imagens: Divulgação

Comentários

© 2018 Barulho Curitiba