10 anos sem Michael Jackson: as melhores canções do Rei do Pop

- Atualizado às 19:08
Por - Henrique Romanine
(Foto: Divulgação)

Com mais de 350 milhões de discos vendidos, fora a venda de singles, vídeos e outros produtos, é inegável a força que Michael Jackson possui como representante da música pop no mundo. Não à toa, ele ostenta o título de "Rei do Pop", mesmo dez anos após a sua morte, que ocorreu em 25 de junho de 2009. Mesmo com toda a pompa e circunstância que a fama, os números e a importância lhe garantiram, MJ também possui um histórico pessoal contraditório e polêmico, em níveis tão estratosféricos quanto o dinheiro que rendeu.

Sejam os problemas decorrentes da péssima relação familiar dos Jacksons (que renderia um capítulo à parte), Michael colaborou para despertar, como nenhum outro astro, o interesse da opinião pública. Problemas de pele, intervenções cirúrgicas que deformaram sua face, amizades questionáveis com crianças, e acusações de pedofilia e suborno rondam a trágica história do astro, que é tido por muitos como um "Peter Pan", o menino que não quis crescer.

Sem ter a intenção de estabelecer um artigo ou reportagem acerca dos assuntos e polêmicas que envolvem o aspecto íntimo do Rei, a discussão aqui é sobre a sua obra. Apesar de toda a demonização direcionada a artistas com condutas totalmente repreensíveis, é de se questionar o seguinte: estando vivos ou não, é justo misturar o pessoal com o profissional? Quantas pessoas, principalmente do meio artístico, possuem comportamentos fora do que nós consideramos moralmente aceitável, e ainda assim foram capazes de produzir obras artísticas respeitáveis, e que ficam à margem do espectro pessoal? Se pesquisarmos, descobriremos que são poucos aqueles que, em maior ou menor grau, não cometeram deslizes, crimes ou atitudes completamente impensáveis nos dias atuais.

Longe de querer "passar pano" para o suposto comportamento de Michael Jackson, deixo para a História o seu julgamento. O que interessa aqui é a arte produzida por ele. E nesse ponto, Pablo Picasso já dizia: "A arte é a mentira que nos permite conhecer a verdade".

Portanto, nestes dez anos sem Michael Jackson, segue uma homenagem para a sua arte, com base no site Rate Your Music: as canções mais bem avaliadas pelo público.

10ª) Stranger In Moscow, do álbum "HIStory: Past, Present and Future, Book 1"

A mais bela canção do repertório de Michael.

09ª) Human Nature e Baby Be Mine, do álbum "Thriller"

Em um álbum repleto de hits, seria quase impossível algumas canções não empatarem.

08ª) Thriller, do álbum "Thriller"

O pop nunca mais foi o mesmo depois desse videoclipe.

07ª) Smooth Criminal, do álbum "Bad"

Quem nunca tentou imitar os passos de dança deste clipe?

06ª) Off The Wall, do álbum "Off The Wall"

Faixa-título do álbum que catapultou Michael Jackson para o estrelato.

05ª) Beat It, do álbum "Thriller"/Get On The Floor, do álbum "Off The Wall"

Quer animar uma pista de dança? Eis duas ótimas dicas para isso!

04ª) Wanna Be Startin'Somethin, do álbum "Thriller"

Candidata a melhor faixa de abertura de um álbum, em todos os tempos.

03ª) Rock With You e Working Day and Night, do álbum "Off The Wall"

Porque nem só dos hits de Thriller vive o Rei do Pop.

02ª) Don't Stop Til You Get Enough e I Can't Help It, do álbum "Off The Wall"

Duas canções opostas, mas que demonstram a capacidade inventiva de MJ. 

01ª)Billie Jean, do álbum "Thriller"

O exato momento em que Michael Jackson atingiu o topo da música pop.

Comentários

© 2018 Barulho Curitiba